Trilha do Morro dos Dois Irmãos sem guia – Rio de Janeiro

Hoje fiz um dos programas mais legais dessa viagem. Uma trilha maravilhosa até o topo do morro dos dois irmãos (na verdade os dois morros é que são os irmãos, mas não sei qual dos dois foi que eu subi). Desde que comecei a montar a minha programação, já estava decidida a fazer essa trilha. Aí quando cheguei aqui no Hostel, fui logo procurando saber como era o esquema e tal. O tour custava 90 reais. Um cara vinha aqui de van pra buscar, depois subiriamos o Vidigal, ainda na van, depois iriamos seguir por um caminho com o guia e então começaria a trilha de fato.

Legal. Achei massa de verdade. Mas não queria pagar 90 reais. Dá pra fazer tanta coisa com esse dinheiro. E aí eu fui fazer um walking tour ontem de manhã e perguntei ao guia se era arriscado de fazer a trilha dos dois irmãos sozinha, considerando que eu teria que subir a favela e tal. Ele disse que não, que eu poderia pegar o buzu pra entrada do Vidigal, subir de moto taxi e pedir a ele pra me deixar no inicio da trilha.

Quem me conhece sabe que eu não ia perder a oportunidade de fazer o tour by myself né hahah, então dispensei logo o guia do hostel, chamei uma amiga para ir comigo e lá fomos nós pra favela, uhuuuu.

Como estou aqui escrevendo esse post pra vcs, está explicito que finalizei o tour inteira e viva. No fim das contas, um passeio que me custaria 90 reais, saiu por 19 e pouco com almoço na favela e tudo (3,4 do bus, 10 do mototaxi e 6 e pouco do almoço).

A minha ideia de diversão em viagens é essa. Fazer o que alguém do local faria. Descobrir as coisas sem precisar ficar pagando pela comodidade e me arriscar um pouco também, que é pra sentir emoção hahah.

Acho que a hora de fazer essas maluquices é agora, enquanto tenho pique, animação e pouca coisa a perder. Depois que passar dos 40 eu começo a fazer programas mais tradicionais e confortáveis, mas por enquanto, to curtindo de verdade essas experiencias para as quais sou empurrada pela falta de dinheiro. Tenham ânimo, universitários. Ser pobre também é bem legal hahaha.

Oi mãe, td certo por aqui, vou ali na favela e volto. Beijosteamo

Oi mãe, td certo por aqui, vou ali na favela e volto. Beijosteamo

Simplesmente.

Simplesmente.

*Esse texto foi publicado originalmente no dia 12 de agosto de 2015, no meu outro blog (dá uma olhadinha lá também 🙂 ).

Beijos!

Lenita

Anúncios

22 comentários sobre “Trilha do Morro dos Dois Irmãos sem guia – Rio de Janeiro

  1. Simone Benvindo disse:

    CORAJOSA, eu amo trilhas *.* Eu fiz na praia do sono e depois fiz até ponta negra passando pelas prais dos antigos e antiguinhos e também de ponta negra – Paraty fiz até a cachoeira saco bravo. Minha meta é ir até Martins de Sá. Já fez trilhas por lá? Me perco kk me sinto muito livre. Ha e suas fotos ficaram lindas. Beijos

    • Lenita Navarro disse:

      Nossaaa.. não conheço nenhuma dessas aí que você falou, mas fiquei com vontade de fazer todas hahaha. Eu sou do tipo que antes de ir pra qualquer canto, ja vou pesquisando as trilhas que tem pra fazer. Sei bem como é essa sensação de liberdade, amo isso. Que bom que gostou das fotos =)

      Beijoss!

  2. Diego disse:

    Oi, adorei seu post. Estou indo pra lá amanhã e quero fazer essa trilha no domingo e tb não queria gastar dinheiro fazendo ela. Vou tentar fazê-la sem guia tb, junto com um amigo. Valeu

  3. edmilson morais disse:

    E vc ainda iria com um guia do hostel que não é local por 90,00, eu sou guia local do vidigal 43 anos de comunidade ,andarino de becos e viélas ,legal sua atitude mas derrepente vale mais apena pagar 50,00 a mim e conhecer a comunidade e de quebra a trilha,num tour de 4 horas vc iria conhecer mais locais na comunidade e pessoas ,pq sou muito conhecido meu contato,wat zap (21)997878793 pagamento só ao final do tour e se achar q não o guiei com exelencia dou + 50% de desconto, e vc sentira a diferença!

  4. barrianne disse:

    Estou pensando em fazer a mesma coisa. Minha duvida é se tem lugares na trilha isolada. Ja foi a Rocinha sozinha, nao tenho medo da favela, mas uma trilha desconhecido, sei nao. como está a trilha mesmo – tem pessoas lá sempre durante o dia? To pensando ir tipo segunda-feira ou terça, bem antes da carnaval. Obrigada!

  5. Mariana Rocha de Jesus disse:

    Amei o blog.Eu fiz trilha em Ilha Grande sozinha,pois eu fui à da Vila Abraão até Lopes Mendes foram 3hs.Minha primeira trilha sozinha..Indico à todos pois é bem sinalizada.O único problema são os animais silvestres.Ou seja,bem atenta.Mas foi LIBERTADOR.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s