Sintra, a vila mais charmosa de Portugal

Bem pertinho de Lisboa fica Sintra, uma vila lindíssima e cheia de construções históricas, cada uma representando algum período da história e todas muito bem conservadas. O local já foi dominado por romanos, muçulmanos e espanhóis, e por isso cada um de seus palácios e castelos possui características bem diferenciadas.

Entre as principais atrações da vila está o Palácio da Pena, uma das sete maravilhas de Portugal, e que inicialmente era um convento dedicado a Nossa Senhora da Pena. O palácio fica bem no alto da serra (que é muuito alta e é difícil/demorado de subir andando) e tem um parque enorme em volta dele, com jardins, lagos e animaizinhos.

DSC_0382

Palácio da Pena, Sintra.

DSC_0398

Palácio da Pena, Sintra.

DSC_0462

Palácio da Pena, Sintra.

DSC_0589

Parque do Palácio da Pena, Sintra.

DSC_0601

Parque do Palácio da Pena, Sintra.

Palácio da Pena, Sintra.

Palácio da Pena, Sintra.

Os ingressos podem ser comprados na bilheteria do palácio mesmo, e os tickets para adultos (em 2013) custam 6 euros, somente para entrar no parque (o que já vale muuuito) e 11 euros para entrar no parque+palácio. Como geralmente as visitas a Sintra são de um dia só, se estiver com pressa para ir aos outros palácios também, eu recomendaria visitar somente o parque mesmo, que para mim é o mais bonito.

A uma distância caminhável do Palácio da Pena está o Castelo dos Mouros. O castelo, construído no período do domínio muçulmano na região, também fica no alto da serra, em uma localização estratégica de onde se tem uma visão do Palácio da Pena, do Palácio da Regaleira e também do Palácio Nacional. O castelo não possui ambientes interiores, como salas ou quartos, mas somente a fortificação exterior.

DSC_0619

Castelo dos Mouros, Sintra

DSC_0636

Castelo dos Mouros, Sintra.

DSC_0638

Castelo dos Mouros, Sintra.

É incrível pensar que esse castelo foi construído há mais de mil anos atrás e ainda hoje podemos passear por dentro da muralha e subir as escadas até o ponto mais alto. O castelo tinha o objetivo de vigiar a cidade de Lisboa, e não Sintra, mas no fim das contas não deu muito certo pros mouros e eles foram vencidos de qualquer jeito.

O Castelo dos Mouros e o Palácio da Pena foram as duas atrações que visitei, mas Sintra tem muitos outros parques e palácio igualmente lindos e que valem muito a visita, como por exemplo a Quinta da Regaleira e o Palácio de Monserrate. Para quem pretende visitar mais de uma atração é bom comprar tudo junto pois tem desconto. Os preços das atrações e os horários de funcionamento podem ser encontrados nesse site.

Para circular pelas atrações da cidade existem ônibus que percorrem os circuitos turísticos, passando pelos parques e que você pode descer e pegar ele novamente quantas vezes quiser durante o dia (hop on-hop off). O que eu peguei, por exemplo, custou 5 euros, e foi o que circula pelo circuito da Pena, passando também pelo Castelo dos Mouros. Poderia ter pego ele quantas vezes quisesse no dia usando o mesmo bilhete. Esse ônibus é da cidade mesmo, não é aquele vermelho de empresa de turismo, que é mais caro (se você não se importar com o aperto e a muvuca dentro do ônibus, vale dar uma economizada). As tarifas e rotas podem ser encontradas nesse site.

Como lá em cima tem poucas ou quase nenhuma opção de locais para comer, quem não quiser perder tempo descendo novamente para a vila somente para almoçar, eu aconselho levar sua própria farofa e fazer uma pausa para merendar em um dos parques mesmo. Ah, e também é bom usar sapatos confortáveis e levar sua garrafinha de água. E prepare a câmera para o local mais fotogênico de Portugal!

E para chegar a Sintra a partir de Lisboa a opção mais prática é pegar o trem na estação de trem (muito linda!) do Rossio e pegar o “comboio” para Sintra mesmo. O trem é rápido, bem confortável e tem uma periodicidade boa. Não lembro quanto custou, mas acho que era menos que 3 euros o bilhete. Descendo na estação de Sintra, é só andar um pouco e já se encontra a vila.

Beijos!

Lenita

Anúncios